sexta-feira, julho 01, 2005

Uma vez Evaristo, sempre Evaristo

O Evaristo foi hoje para a Guiné!
Uma vez Evaristo, sempre Evaristo.
Eramos para sair às 6:00, mas ele atrasou-se e saímos às 7:00.
A caminho, ele no carro, pergunta ao irmão:
- E a passagem? Onde está?
Foram cinco minutos de suspense, mas, finalmente encontrou o documento precioso.
Chegando lá, lembra-se que tinha esquecido a Bíblia em casa.
Quando chegámos a casa reparei que não era só a Bíblia que se tinha esquecido...
No entanto, no meio da confusão característica do aeroporto, entre filas perdidas e peditórios para levarem encomendas para o continente negro, ele manteve a calma e correu tudo bem.
"Eu faço as coisas à minha maneira", diz ele. De facto, e fá-las bem, não as faz como eu, mas faz bem.
Na Guiné vai-se casar, e vai poder servir no trabalho que Deus lhe der, para bem do seu amado país.
O Evaristo tem um coração do tamanho do mundo e vai deixar muitas saudades!


Fica a pequena estrofe da cantiga dedicada ao personagem:
"Evaristo sensível, sorriso temível..."

3 comentários:

ounu disse...

não acredito. Foi-se embora...

André disse...

já estou com saudades do meu amigo e irmão, mas sei que Deus tras e é ele quem também leva, por isso creio que grandes coisas o SENHOR tem para nosso irmão lá na Guiné.

JOINCANTO disse...

Grande sorriso Evaristo!
Deus te abençoe!