quarta-feira, junho 29, 2005

Crescimento

Comparo a vida a uma passadeira, daquelas que existem nos ginásios (fui lá durante três meses e depois fiquei farto), em cima das quais nós corremos, corremos, mas nunca saímos do mesmo lugar.
O problema é que, por vezes, sinto que a passadeira corre a uma rotação que as minhas pernas não conseguem acompanhar.

4 comentários:

ervilha ascenso disse...

É uma boa imagem! Às vezes parece que não temos forças e a passadeira continua a girar mas nós, como abrandamos o passo, andamos para trás. Mas quero sempre acreditar que Alguém nunca nos dará uma passadeira rápida demais, que não consigamos acompanhar e suportar. :)

ervilha ascenso disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
ervilha ascenso disse...

Dada a diversidade de leitores deste blog e para ter a certeza que fui clara no meu comentário quero acrescentar que esse Alguém a que me refiro é Deus!

Nuno Barreto disse...

Deus dá-nos força para continuar. Mas por vezes o que precisamos fazer é simplificar a nossa vida.